Cliquem aqui, http://radiovitrolaonline.com.br/, acionem a Rádio Vitrola, minimizem e naveguem suavemente sem comerciais.

.- A ÁRVORE QUE O SÁBIO VÊ, NÃO É A MESMA ÁRVORE QUE O TOLO VÊ! William Blake, londrino, 1800.

segunda-feira, 30 de março de 2009

Dia 30 capitulo 30
Dia 31 capitulo 31

DOM ALEXANDRO; APESAR DOS NOSSOS DEFEITOS, NOSSOS CORAÇÕES NÃO SÃO EMPEDERNIDOS, LOGO, RESTA-NOS A ESPERANÇA DE FICARMOS PERTO DO SENHOR. VÁ COM DEUS

Imagem robsonv, poesia adaptada do site de poesias e fotos do arquivo do Blog
Deus me enviou um anjo, para comigo estar.

Deu uma missão a ele, dele você a de cuidar.
Leve contigo, meu carinho e amor, diga que Jesus nunca o abandonou.
O proteja com carinho, amor e dedicação, diga a ele que o amo de todo coração.

domingo, 29 de março de 2009

PASSEIO DO CAAT EM PARAIBUNA

ESPAÇO RESERVADO AO COMPETENTE WANDER TAVARES QUE ESTÁ EDITANDO O FILME PRINCIPAL DO EVENTO, REALIZADO NA FAZENDA DA COMADRE. TÃO LOGO O RECEBAMOS, O POSTAREMOS AQUI.
GRATOS.

PASSEIO DO CAAT EM PARAIBUNA - 1




PASSEIO DO CAAT EM PARAIBUNA - 2

Olhem o Luiz Barboza, tendo a seu lado o Zezinho, na Rodovia Washington Luiz, que haviam saído da Fazenda da Comadre com destino a São José dos Campos;

PASSEIO DO CAAT EM PARAIBUNA - 4

CARREATA DE ANTIGUINHOS DE OUTRO ÂNGULO NA BUCÓLICA PARAIBUNA. NEM TODOS OS PARTICIPANTES AQUI ESTAVAM, MUITOS FORAM DIRETAMENTE AO LOCAL DA CONCENTRAÇÃO, FAZENDA DA COMADRE;

PASSEIO DO CAAT EM PARAIBUNA - 3


PASSEIO DO CAAT EM PARAIBUNA - 5




PASSEIO DO CAAT EM PARAIBUNA - 6

CARREATA DE ANTIGUINHOS ADENTRANDO A BUCÓLICA PARAIBUNA. NEM TODOS OS PARTICIPANTES AQUI ESTAVAM, MUITOS FORAM DIRETAMENTE AO LOCAL DA CONCENTRAÇÃO, FAZENDA DA COMADRE;

PASSEIO DO CAAT EM PARAIBUNA - 7




AGUARDEM PARA MAIS TARDE, MAIS DOIS FILMINHOS E 19 FOTOS SOBRE O ENCONTRO DE AUTOS ANTIGOS QUE O CAAT PROMOVEU HOJE EM PARAIBUNA

Alcançamos o Luiz Barboza, tendo ao lado o Zezinho, os quais já retornavam a São José dos Campos, trafegando pela Rodovia Washington Luiz, após terem participado do evento na Fazenda da Comadre em Paraibuna. Como diz a Maria Ângela, isto é tudo de bom.
Dia 29 capitulo 29

sábado, 28 de março de 2009

Bons momentos

Este é o nosso amigo, o Alípio do violão, em foto que colhi ontem, por volta das 23 horas num bar de bairro.
Este casal de amigos, o Jaimão e a Cidinha, auxiliaram o Alípio na execução da canção Iracema, do saudoso e inesquecível Adoniran Barbosa. Vamos assistir ao vídeo, de uns dois minutos, o qual enviarei à Sônia, irmã do cantor e à sua filha Karen, residentes na Capital:

Dia 28 capitulo 28

sexta-feira, 27 de março de 2009

Vamos despamonhalizar nossos jovens?

Meus amigos:

Recebi este e.mail da Mara a quem agradeço muito. Assistam aos quatro filmes na sequência.

Não duram mais que 30 minutos e vocês nem perceberão o tempo passar de tão bons que são.

É uma palestra do mestre Mário Sérgio Cortella sobre educação.

Enviem para todos os seus contatos e vamos despamonhalizar nossos jovens.

Abraços do

Sérgio.

PS: Tomei a liberdade de enviar à Edil dona Geni, pois poderá lhe ser útil no trabalho social que realiza em seu bairro.


Sensacional ! Vale a pena ver todos são sequenciais.
Mara


1 - PRIMEIRA SEÇÃO

2 - SEGUNDA SEÇÃO

3 - TERCEIRA SEÇÃO

4 - QUARTA SEÇÃO

Masculino ou feminino?

Qual é o sexo do seu cérebro?

O cérebro humano pode ser feminino ou masculino independentemente do sexo biológico de uma pessoa. Faça o teste e saiba se o seu cérebro tem o mesmo sexo que seu corpo...

Dia 27 capitulo 27

quinta-feira, 26 de março de 2009

Relações afetivas


Prazer em ouvi-lo meu querido Ciço;

Neste domingo recebi um telefonema que me deixou feliz, um amigo que não nos víamos há algum tempo. Estava meio combalido em razão de desgaste emocional com a luta com insensíveis. Depois trocamos e.mail e os divulgo por retratar uma história de sucesso honrado para que sirva de exemplo.

Sérgio grande mestre;

Serjão estava com saudade por isso foi uma grande alegria ter falado com você e a Ângela, saudade dos tempos que trabalhávamos na Villares, das caronas no Monza branco, das vezes que parávamos no buteco para tomar Caracu, comer mortadela, etc.
Serjão, meu telefone residencial é 16.3877.xxxx, Escritório 16.3911.xxxx, celular 16.978xxxx E-mails almeida@xxxxx.xxxx.br e almeida@xxxxxxxxx.com.br .
Desde já fica minha intimação para o amigo selecionar um fim de semana e venha nos visitar. O meu endereço em Ribeirão Preto é: xxxxxxxxxxxxxxxx
Grande abraço,
Almeida.

Olá Ciço:

Pois nós também estamos com saudade.
A última vez que nos vimos foi quando você passou por aqui retornando de S. Paulo, onde foi pesquisar a franquia do McDonald.
Me lembro das suas palavras textuais;
"Serjão, não vou fechar com eles, eu seria apenas e tão somente um empregado de luxo"
Taí, Almeida, demonstrou que você é um homem de visão e montou seu próprio McDonald do chope.
Eu admiro pessoas que vencem na vida pelo próprio esforço, pelo suor do rosto, pelo trabalho honrado, como prescreve a Bíblia.
Com certeza Anádia, ou Anadia, (tá lembrado da divergência?) da distante Alagoas, está orgulhosa daquele garotinho que veio para a Capital de SP em busca de oportunidade com uns parcos trocadinhos no bolso.
Parabéns Cícero e que o sucesso permaneça sempre ao seu lado.
Abração meu querido, do
Serjão.

PS: Veja o post abaixo. Foi enviado pelo Cury, lá de Manaus. Será que o homem tá virando pastor? Cury, quem te viu e quem te vê. (rs)

As dez perguntas que Deus não nos fará

Imagem do pensamentosvivos e sugestão enviada pelo José Roberto Cury, lá de Manaus, a quem agradecemos.

Para descontrair


Imagem do pinguimmaluco


No curso de medicina

Colaboração enviada pelo Moraes, a quem agradecemos



O professor se dirige ao aluno e pergunta:
-Quantos rins nós temos?
-Quatro! - Responde o aluno.
-Quatro?
- Replica o professor, arrogante, daqueles que sentem prazer emtripudiar sobre os erros dos alunos.
-Traga um feixe de capim, pois temos um asno na sala.
- ordena o professora seu auxiliar.
-E para mim um cafezinho!
- Replicou o aluno ao auxiliar do mestre.
O professor ficou irado e expulsou o aluno da sala.
O aluno era, entretanto, o humorista Aparício Torelly Aporelly (1895-1971), mais conhecido como o 'Barão de Itararé'.
Ao sair da sala, o aluno ainda teve a audácia de corrigir o furioso mestre:
-O senhor me perguntou quantos rins 'nós temos'. '
Nós' temos quatro: doismeus e dois seus.
'Nós' é uma expressão usada para o plural.
Tenha um bom apetite e delicie-se com o capim.
A vida exige muito mais compreensão do que conhecimento!
Às vezes as pessoas, por terem um pouco a mais de conhecimento ou 'acreditarem' que o têm, se acham no direito de subestimar os outros...
Viva a humildade............ E haja capim!!!

Dicas do Arnesto

Leva meu samba - Ataulfo Alves - Cliquem abaixo;
http://oglobo.globo.com/pais/noblat/mariahelena/post.asp?t=dicas-do-arnesto&cod_Post=172041&a=650/

Informação importante e oportuna

Instituto Nassar de Oftalmologia


Erá só um Cisquinho!!!!“
Cliquem no link abaixo para ver a apresentação em Power Point alertando sobre o perigo das bactérias e fungos ao contato com os olhos!!!



Mais uma colaboração enviada pelo amigo José Paulo Ferrari a quem agradecemos.
Dia 26 capitulo 26

quarta-feira, 25 de março de 2009

Pegadinha enviada pela Rosi a quem agradecemos

NESTE DOMINGO TEM PARAIBUNA

Foto do Dodge 1978 do querido amigo Aldo, colhida por mim em 06 de julho de 2007, na bucólica São Francisco Xavier.

NESTE DOMINGO TEM PARAIBUNA

PREPARE O CARRO, TRAGA A FAMÍLIA

9:00 HORAS SAÍDA PRAÇA SANTA TEREZINHA TAUBATÉ

11:00 HORAS CARREATA POR PARAIBUNA

ALMOÇO NA FAZENDA DA COMADRE

PARTICIPANTES DE SÃO JOSÉ E JACAREÍ, PONTO DE ENCONTRO NO RESTAURANTE VACA PRETA, ÀS 10:00 HORAS.

VERIFIQUE A DOCUMENTAÇÃO E A VALIDADE DO EXTINTOR DE INCÊNDIO DE SEU VEÍCULO.

PRECISAMOS INFORMAR AO RESTAURANTE O NÚMERO APROXIMADO DE PARTICIPANTES E AOS QUE AINDA NÃO CONFIRMARAM A PARTICIPAÇÃO, FAVOR INFORMAR NO E-MAIL DO GUSTAVO.

ATÉ DOMINGO,

ALDO.
Dia 25 capitulo 25

terça-feira, 24 de março de 2009

GANHEI MAIS UMA AMIGA. E PESO PESADO. VEJAM CURRÍCULO ABAIXO. COMPENSAÇÕES PELA LUTA PRESERVACIONISTA. AINDA BEM.

Imagem do tornadeiros, de São Sebastião, litoral norte de S. Paulo, onde mora a Doca Ramos Mello e a sua crônica extraí do site; http://www.conexaomaringa.com/index.php?mes=3&ano=2009

Neura
_Acho que não estou entendo aonde você quer chegar...
_ Lugar nenhum, oras.
_Como assim, lugar nenhum? Lugar nenhum e me diz que esta calça está apertada em mim?! Vamos lá, seja homem, abra o jogo.
_ Que jogo, Titina?
_ Titina, não. Teresa Cristina. Não sei de onde você tirou esse negócio de Titina, detesto que me chame de Titina, tem cara de enganação, mentira, falsidade. Eu me lembro de quando você deu uma bola forte para a Viviane, aquela loira de oxigenada e sem-vergonha, aí saiu com essa coisa de Titina isso, Titina aquilo, imagine, Titina, que Titina, cara, eu heim...
_ Mas eu sempre chamei você assim, querida.
_Quem é querida aqui, a Titina, a Teresa Cristina ou a mulher que não está cabendo nestas calças jeans que me custaram os olhos da cara, os olhos da cara, sabe o que é isso, cristão?! Calça de grife, metade do meu salário, fique você sabendo.
_ Teresa, deixe de besteira e ande logo, não quis ofender você, sei lá, falei por falar, nem tinha reparado direito, francamente e...
_ Ah, não repara e faz comentários desagradáveis, então é cacoete. Você tem o cacoete de me aborrecer. Nem viu e já vai botando defeito, me derrubando, ai de mim que me casei com um sujeito insensível, bem que meu pai me avisou, olhe, Teresa, esse Gualber não chega aos seus pés, você merece coisa melhor, dê uma chance ao Edu
– e o Edu era lindo, atleta e rico, rico!
- mas eu, burra, apaixonada feito bocó, me derreti por essa sua cara de safado, ai de mim...
_ Não quis aborrecer você, Teresa, deixa disso, vai, você é linda, meu amor.
_ Teresa Cristina.
_ Sim, Teresa Cristina.
_ Ah, agora é o deboche rasgado: Teresa Cristina, Teresa Cristina... Ainda mato minha mãe por conta desse nome duplo, saco do inferno.
_ Ande, estamos atrasados.
_ Não ando. As calças não me cabem, você não falou? Então, não tenho roupa nova para ir à festinha do seu escritório, onde vou encontrar aquela mulherada desfrutável que fica lá dando bola, campo, rede, etc. para qualquer homem que passe perto delas, com aquelas saias justíssimas, a bunda rebolante, eu sei, viu, eu sei, não nasci ontem, você me paga.
_ Mas Titina...
_ Schsss, calado! Acha que não sei que você é mais um ordinário ali naquele escritório de Sodoma e Gomorra, naquela bacanal? Seu Jece Valadão de araque, acaso me julga burra, além de gorda? _ Eu não disse que você é gorda!
_ Ah, não! “A calça não está cabendo em você”, não foi esta a sua observação, ca-va-lhei-ro, não foi? Isso quer dizer que eu estou gorda, um bucho, um canhão, o mapa do inferno.
_Teresa, por favor, fiz o comentário porque você estava reclamando que o zíper não fechava e me chamou para fazê-lo subir, acho que foi uma reação instantânea.
_ Reação, não: constatação. Ou seja, “a calça não serve, o zíper não fecha, ela está gorda”.
_ Eu não disse isso!
_ Disse, sim, eu não sou surda. Ah, outro dia você reparou que minha bunda tinha caído, canalha. Gorda, burra, surda, de bunda caída, muito prazer, Teresa Cristina.
_ Nem prestei atenção na sua bunda, Teresa, por favor...
_ Como é que é?! Não prestou atenção? Ah, você esquadrinha tudo quanto é bunda por aí, seu olho fica saltando na órbita, a baba escorre, que nojo, mas a minha, ah, a minha você não vê, safado, cretino, deve achar que a bunda caída é que está me fazendo não caber nas calças, ai, eu me mato!
_ Titina, não exagere, você nunca teve bunda, amorzinho, e nem por isso...
_ É hoje...!
_ Quer saber? Você está arrumando pretexto para não ir à festa, é isso que você quer, não ir e me deixar em má situação com a chefia, logo agora que estou para ser promovido. Pois muito bem, a gente não vai e a promoção que se dane. _Quem é que não vai, quem é que não vai? E eu vou perder a chance de mostrar para aquelas pi
ranhas do escritório que estou na área? Nem pensar. Eu manjo o seu negócio, palhaço, você está planejando ir sozinho, beber uns uísques e arrastar a asa para a piranhada, eu conheço você, canalha.
_ Não são piranhas, Titina.
_ Não, eu é que sou, elas são umas santas de rosário na mão, me ajuda aqui, anda, esta merda deste zíper não sobe, maldito!
Doca Ramos Mello
Sou brasileira, já dobrei 500 anos de ilusões, histórias, esperanças e desventuras, na espécie. Na essência particular, dissocio-me (ou não) desta herança, juntando letras em crônicas sem pretensão nenhuma além de pôr para fora o que penso e me divertir. Assim, escrevo tudo o que me dá na telha - sem as letras, o limbo. Já recebi por volta de 30 prêmios no Brasil, um deles pela Academia Brasileira de Letras. Fui premiada também em Portugal. Publico crônicas em outros dois sites:
Cursei duas faculdades, falo inglês, produzo e reviso textos, traduzo. Escrevo, leio: vivo.

Para a Sueli

Imagem do Google

Sim foi eu. Bjos.

Bom, Le laque del come não encontrei, mas te envio 1220 músicas italianas belíssimas.
É só acessar o Link abaixo;
Beijos.

1220 BELAS MÚSICAS ITALIANAS
Dia 24 capitulo 24

Desculpem a invasão deste espaço por alguns momentos com assunto desagradável

Imagem do Google

Passei por dias terríveis com agressão ao meio ambiente na minha querida Pindamonhangaba, mais uma vez. Uma força interior me levou a montar um Blog de emergência, denunciando esta aberração.
Fiquei umas 24 horas no ar para concretizar a missão, mas pela repercussão obtida, tenho certeza de que valeu o desgaste, físico e emocional.


Quem se interessar pela preservação ambiental deve acessar o bloguinho, cujo link está abaixo.


Agradeço muito a ajuda de alguns amigos, sem o que o objetivo não seria alcançado.


REZAREI PARA QUE O NOVO BLOG NÃO TENHA MAIS MATÉRIA PARA SER ALIMENTADO.


Obrigado.


segunda-feira, 23 de março de 2009

domingo, 22 de março de 2009

Obrigado Maria Helena, filha do grande e saudoso Adoniran Barbosa, por atender ao meu pedido. Inez. O Alípio também adora esta canção.

Apelido: Sérgio- 22/3/2009 - 16:23

Grande Maria Helena:
Muitíssimo obrigado por atender ao meu pedido. Vou copiar o link e guardá-lo com muito carinho. Esta composição é simplesmente maravilhosa, retrata aquele Brasil ingênuo, bonito, agradável, bem diferente dos tempos atuais.
Que os céus continuem te iluminando e te guiando.
Abração.

Cliquem e ouçam--> http://oglobo.globo.com/pais/noblat/mariahelena/post.asp?t=adoniran&cod_Post=170888&a=650
Dia 22 capitulo 22

sábado, 21 de março de 2009

São Paulo há 66 anos

São Paulo há 66 anos. Duração 15 minutos, com som em inglês, sem legenda. Vale a pena assistir. Foi antes do caos e mostra também a propaganda americana.
Aldo.
O filme demora para carregar, logo, recomendamos que deixem completar a carga enquanto navegam e depois retornem por aqui. Obrigado dr. Jair pelo envio deste filme.

As coisas mudaram, não?

Clicando na imagem a mesma poderá ser vista ampliada e agradecemos ao Zezito pelo envio da matéria.

Nunca discuta com uma mulher que lê. Certamente ela pensa.

Mulher a ler, Picasso, imagem do salutor.blogspot e texto enviado pela Cristiana, a quem agradecemos.

Mulher que lê.

Um casal sai de férias para um hotel-fazenda.
O homem gosta de pescar e a mulher gosta de ler.
Uma manhã, o marido Volta da pesca e resolve tirar
Uma soneca.
Apesar de não conhecer bem o lago, a mulher decide pegar o barco do marido e ler no lago.
Ela navega um pouco, ancora, e continua lendo seu livro.
Chega um guardião do parque em seu barco, pára ao lado da mulher e fala:
- Bom dia, madame. O que está fazendo?
- Lendo um livro - responde, pensando: será que não é óbvio?
- A senhora está em uma área restrita em que a pesca é proibida, informa.
- Sinto muito, tenente, mas não estou pescando, estou lendo.
- Sim, mas com todo o equipamento de pesca? Pelo que sei, a senhora pode começar a qualquer momento. Se não sair daí imediatamente, terei de multá-la e processá-la.
- Se o senhor fizer isso, terei que acusá-lo de assédio sexual.
- Mas eu nem sequer a toquei! - diz o guardião.
- É verdade, mas o senhor tem todo o equipamento. Pelo que sei, pode começar a qualquer momento.
- Tenha um bom dia madame, diz ele, e vai embora.
MORAL DA HISTÓRIA:
"NUNCA DISCUTA COM UMA MULHER QUE LÊ. CERTAMENTE ELA PENSA."

Lei do Caminhão de Lixo

Imagem do 2.prudente.unesp e reflexão enviada pela Bete a quem agradecemos.

Um dia peguei um táxi e fomos direto para o aeroporto. Estávamos rodando na faixa certa quando de repente um carro preto saltou do estacionamento na nossa frente. O motorista do táxi pisou no freio, deslizou e escapou do outro carro por um triz! O motorista do outro carro sacudiu a cabeça e começou a gritar para nós. O motorista do táxi apenas sorriu e acenou para o cara. E eu quero dizer que ele o fez bastante amigavelmente. Assim eu perguntei: 'Porque você fez isto? Este cara quase arruína o seu carro e nos manda para o hospital!' Foi quando o motorista do táxi me ensinou o que eu agora chamo 'A Lei do Caminhão de Lixo."

Ele explicou que muitas pessoas são como caminhões de lixo. Andam por aí carregadas de lixo, cheias de frustrações, cheias de raiva, e de desapontamento. À medida que suas pilhas de lixo crescem, elas precisam de um lugar para descarregar, e às vezes descarregam sobre a gente. Não tome isso pessoalmente. Apenas sorria, acene, deseje-lhes o bem, e vá em frente. Não pegue o lixo delas e espalhe sobre outras pessoas no trabalho, em casa, ou nas ruas.

O princípio disso é que pessoas bem sucedidas não deixam OS CAMINHÕES DE LIXO estragarem o seu dia. A vida é muito curta para levantar de manhã com remorso, assim...

Ame as pessoas que te tratam bem. Ore pelas que não o fazem. A vida é dez por cento o que você faz dela e noventa por cento a maneira como você a recebe!

Tenha uma vida abençoada, livre de lixo! (autor desconhecido)