Cliquem aqui, http://radiovitrolaonline.com.br/, acionem a Rádio Vitrola, minimizem e naveguem suavemente sem comerciais.

.- A ÁRVORE QUE O SÁBIO VÊ, NÃO É A MESMA ÁRVORE QUE O TOLO VÊ! William Blake, londrino, 1800.

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Dr. João Simões aniversaria hoje


Ao lhe transmitirmos os parabéns, o homenageamos com Estágio, de sua autoria, com o próprio.
Parabéns Doutor João e fique tranquilo, não falarei para ninguém que entra para o  meu time, dos setentões, tá?
Abração.


FUSCUNHA - 3º ENCONTRO - 29.01.12 - BLOCO 03

CAAT - Clube de Autos Antigos de Taubaté, participando do 3º FUSCUNHA

 


segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Dr. Antonio Rodrigues da Silva, o Dr. Catioca, por seus méritos, é reconhecido pelos moradores do bairro que ajudou a fundar 2

Clicando-se nas imagens as mesmas serão ampliadas

Em poucas horas conseguiu-se 100 assinaturas ao pleito patrocinado pelo ex-Presidente da SAL - Sociedade Amigos do Lessa, Dr. José Carlos Cataldi,


no sentido de se homenagear um dos fundadores do nosso Bairro, Jardim Residencial Dr. Lessa, o Dr. Antonio Rodrigues da Silva, o Dr. Catioca, requerendo junto das autoridades locais,


que se atribua o seu nome à Praça em construção, em generosa área verde destinada pelos loteadores para essa finalidade.


Observem que tem peso pesado dentre os requerentes.


O Dr. Antonio, dentre suas ações beneméritas, foi o 18º Provedor da Santa Casa de Pindamonhangaba, figurando na galeria daquela Instituição.


É o advento da  MERITOCRACIA sendo aplicado pelos nossos vizinhos.
Parabéns a todos.


Senhora rita lee, já temos "noias" demais a infernizar a vida de cidadãos de bem. Dispensamos a sua ajuda na formação de mais zumbis

Advertência:
Não abram este vídeo na presença de crianças, pois o mesmo contém incitação ao consumo de drogas, além de palavrões, crimes de desacato, desobediência civil...


Com certeza algum brasileiro lúcido lhe enviará uma carta aberta , a qual gostaria de escrever, porém, diante da minha incompetência, aguardarei que o façam para publicá-la no bloguito. {Olá Dr. Fagundo, Dr. Flávio, Dr. Cataldi, Mestre José Paulo...}

Diversão popular sadia, sem violência, sem crimes, sem drogas, sem incidentes... foi protagonizada pelo povo ordeiro do município de Cunha no último domingo, envolvendo milhares de pessoas diretamente e milhões através da repercussão na mídia e Internet. Estamos processando o material para postá-lo aqui.

                     

domingo, 29 de janeiro de 2012

FUSCUNHA - 3º ENCONTRO - 29.01.12 - BLOCO 02


Oi Rafinha. Ficou bem na fita né garoto? Beijos do Vô.


Hermes, (esquerda) organizador do Fuscunha, ao lado do Neto, parabéns pelo sucesso do 3º Fuscunha. Segundo me confidenciou, foram contados 820 fuscas no evento.


Eber Santos, outro incansável batalhador na organização do encontro, assim que nos viu veio nos saudar e dar as boas vindas.


O 65 do Sandro fez enorme sucesso na exposição no Ginásio de Esportes de Cunha.


E o 69 do Maurício, com aquele bagageiro apelidado de peruca de Fusca foi objeto de grande curiosidade, juntamente com o boneco.





Vimos uns três ou quatro Fuscas como táxis, em plena atividade.


A moça veio de São Luiz do Paraitinga com seu belo Fusca rosa, o qual agradou em cheio a população feminina.


A participação destas belas moças com seu reluzente Fusca Itamar valorizou sobremaneira o 3º Fuscunha. Colhemos muito material sobre este inusitado acontecimento. Cunha é o município brasileiro com a maior densidade demográfica de Fuscas. Demoraremos alguns dias para o processamento das fotos e tomadas de filmagens colhidas, mas mostraremos tudo aos nossos leitores.


Neste filmete agradecimentos ao CAAT - Clube de Autos Antigos de Taubaté;


video


FUSCUNHA - 3º ENCONTRO - 29.01.12 - BLOCO 01


video


sábado, 28 de janeiro de 2012

Dr. Antonio Rodrigues da Silva, o Dr. Catioca, por seus méritos, é reconhecido pelos moradores do bairro que ajudou a fundar

To: Sérgio
Sent: Saturday, January 28, 2012 9:04 AM
Subject: Re: PANTANAL... Deslumbrante!

Morei lá, Sergião, quando dirigi o jornalismo das radios Clube de Corumbá e Independente de Aquidauana, à época afiliadas ao Sistema Globo de Rádio. De minha janela avistava a baía do Tamepíde minha janela avistava a baía do Tamengo, uma das maiores entre as várias de água doce, porque há  salgadas, também, por lá.

Remanescentes dos nativos, apegados às tradições, dizem que antes das placas se desprenderem da África, havia ali o Mar de Xaraés, que ao ser enfeixado pelos continentes que se fundiram nas Américas, deu origem ao Pantanal, formado por águas que vem por fendas debaixo da camada superficial da terra e por outras vindas do descongeamento dos Andes Bolivianos.

Se você não conhece, não deixe de ir lá. Seu Amigo marcou presença por lá. Amado ou odiado. nunca ignorado.

um abraço e bom fim de semana.

P.S - a professora Edite está colhendo assinaturas para fundamentar o pedido que fiz ao Piorino para dar o nome do Catioca a praça do Lessa. Se você puder e achar justo, por favor, assine...

Forte e afetuoso abraço

José Carlos Cataldi - seu admirador.

  
Exmo. Sr. Dr.
Ricardo Piorino
DD. Presidente da Câmara Municipal de Pindamonhangaba.

Nós abaixo assinados, Moradores do Residencial Dr. Lessa, considerando a hipótese de dar nome a uma Praça que está sendo concluída no Bairro, rogamos que V.Exa. submeta à apreciação do Plenário dessa Casa de Leis, a proposição de nominá-la “PRAÇA ANTONIO RODRIGUES DA SILVA – CATIOCA”, considerando os relevantes serviços prestados à Municipalidade de Pindamonhangaba e notoriamente ao bairro em que residimos.

O Cidadão Antônio Rodrigues da Silva, ou simplesmente Catioca, nasceu em 18 de abril de 1919 na cidade de Cunha, onde vivenciou a Revolução de 1932, pois Cunha era campo de batalha. Foi para Guaratinguetá estudar e fazer o ginásio e escola de comércio. Na adolescência ficou conhecido como Catioca, nome do bairro onde morava em Cunha.
Formado, veio para Pindamonhangaba em 1946 onde foi trabalhar com o Sr. Antenor de Andrade na Máquina de Arroz. Posteriormente abriu um escritório de contabilidade, prestando serviços para vários pontos comerciais da cidade.

Em 1966 formou-se pela Faculdade de Direito de Taubaté. Foi provedor da Santa Casa de Misericórdia de Pinda. Em 1978 foi convidado pelo médico Dr. Francisco Lessa Júnior para formalizar e cuidar do projeto de loteamento “Residencial Dr. Lessa”. O projeto vislumbrava um bairro “cartão de visitas da cidade” pela sua topografia com ruas largas, terrenos amplos e preservação de área verde. Acreditando no sucesso do residencial, foi um dos primeiros moradores.

Casou-se duas vezes, com Sra. Alexandrina, professora, com quem teve dois filhos: Fernando e Ana Maria. Ficou viúvo e se casou novamente, com a professora Edite, com quem também teve dois filhos: Luiz Guilherme e Catarina. Teve cinco netos.

Sua vida sempre foi embasada em princípios de honestidade e força de vontade. Conquistou seus ideais através de esforço e mérito próprios, ao longo de 65 anos de atividade profissional. Morreu a 29 de maio de 2008, com 89 anos no bairro que ajudou a criar e muito amou. Nada mais justo o reconhecimento.
                                               Pindamonhangaba, SP, 


Prezado Cataldi:

Você teve muita sorte em poder desfrutar das maravilhas do nosso Pantanal. Infelizmente não tive a oportunidade de conhecer. Quem sabe um dia...

Quanto à homenagem que você propôs ao Dr. Antonio Rodrigues da Silva, o saudoso Dr. Catioca, 
claro que acho justíssima. Sou adepto da meritocracia e ele reuniu  os méritos para receber tal honraria. Todas as escrituras do nosso Bairro, o qual  nasceu modelo de loteamento, com vias generosas, asfaltamento de ótima qualidade completo, enormes  espaços para áreas verdes, redes de esgoto e água, inclusive com encanamentos chegando até as calçadas, uma árvore de fronte a cada lote, etc., têm a sua assinatura, na qualidade de procurador do não menos saudoso, Dr. Francisco Lessa Júnior. Tive o privilégio de conhecer ambos. Já assinamos o documento e a primeira dama do bloguito ajudará na coleta de mais assinaturas.

Grande abraço, muito obrigado e parabéns pela iniciativa.

Pantanal - Documentário - 2 horas, 14 minutos e 10 segundos




Quem é o ser RACIONAL? QUEM?


Orangotango fêmea grávida abraça filhote para protegê-lo de caçadores

Hanny Guimarães

Uma orangotango fêmea foi flagrada abraçando seu filhote para protegê-lo de caçadores que estavam prestes a capturá-los , de acordo com informações do jornal Daily Mail desta sexta-feira (27/1). A cena foi registrada em Bornéu, uma ilha localizada na Ásia .

Chef britânico mostrou em programa que rede de fast-food usava hidróxido de amônio para converter sobras de carne gordurosa em recheio


{...}  "Por que qualquer ser humano sensato colocaria carne com amônio na boca de suas crianças?", questionou o chef. 
 AQUI  




sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Cães para adoção - Urgente

SÉRGIO MEU AMIGO VENHO PEDIR MAIS UMA VEZ SOCORRO A VOCÊ A QUEM CONFIO QUE PODE AJUDAR-ME DIVULGANDO O PEDIDO DESSA SERÍSSIMA BIÓLOGA DRA. MARIANA QUE FOI UMA DAS BATALHADORAS PRINCIPAIS DA LUTA CONTRA AS EXPERIÊNCIAS COM ANIMAIS VIVOS EM FACULDADES E LABORATÓRIOS - SAIU-SE VENCEDORA E ELA É DE MATO GROSSO DO SUL - E ME PEDIU QUE EU DIVULGASSE ESSA SOCILICITAÇÃO ME AJUDE POR DEUS ! URGENTE AMIGOS DO RIO/MS/SP-:
Ângela Míriam - Salvador - Bahia 

video


Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seus semelhantes
Albert Schweitzer

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Menina



Val, achei linda esta foto contida no arquivo PPS que você me enviou. Obrigado.



quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Desembargador do TJ/SP dá verdadeira aula de humanismo

Decisão do Desembargador  José  Luiz  Palma  Bisson, do Tribunal de Justiça de São Paulo, proferida num Recurso de Agravo de Instrumento ajuizado contra despacho de um Magistrado da cidade de Marília (SP), que negou os benefícios da Justiça Gratuita a um menor, filho de um marceneiro que morreu depois de ser atropelado por uma motocicleta. 

O menor ajuizou uma ação de indenização contra o causador do acidente pedindo pensão de um salário mínimo mais danos morais decorrentes do falecimento do pai.

Por não ter condições financeiras para pagar custas do processo, o menor pediu a gratuidade prevista na Lei 1060/50. O Juiz, no entanto, negou-lhe o direito dizendo não ter apresentado prova de pobreza e, também, por estar representado no processo por "advogado particular". 

 A decisão proferida pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a partir do voto do Desembargador Palma Bisson é daquelas que merecem ser comentadas, guardadas e relidas diariamente por todos os que militam no Judiciário.

Obrigado Raul. Abraços.

QUE PAIS É ESSE???


Nunca fui ouvido nessas pesquisas de popularidade. Aliás, em pesquisa alguma. Nem conheço alguém que tenha sido entrevistado. Por isso coloco em duvida essas tomadas de opinião... Será que os pesquisadores ouvem alguém de fato?


Pra quem acredita, está aí mais uma, em que a presidente Dilma Rousseff atingiu índice de aprovação recorde. Maior que o alcançado, nesse estágio, por todos os presidentes que a antecederam, desde a volta das eleições diretas. Inclusive o Lula-lá.

AQUI===>
 http://www.pensandovoce.blogspot.com/2012/01/que-pais-e-esse.html


FAÇAM UM SAQUINHO DE JORNAL PARA A LIXEIRA


Cliquem no link abaixo:



Pinheirinho, S. J. dos Campos


 Malditos bravateiros; Para suas conquistas políticas não têm o menor pudor em usar crianças, idosos, doentes, deficientes...



Produzem o caos e os abandonam à própria sorte. A Tv Band vale mostrou ontem, em Taubaté, o início da formação de dois casos idênticos... daqui oito anos a repetição, caso providências não sejam tomadas de imediato, e assim la nave va...




Atualizado em 27 01 2012



SÃO PAULO; Parabéns


terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Herculândia, o Luciano, além de distribuir mudas, é um campeão


E-mail recebido do Edmir Sallim Emed

 Parabéns pela matéria, é muito legal, afinal, herculandense é sempre assim e finalmente com respeito ao Luciano ele não é apenas vendedor de mudas, ele é peão de boiadeiro também e foi colocado em primeiro lugar na festa de Pompéia e sempre está bem colocado em outras festas, é um bom peão, e ele é sobrinho do João Preto, funcionário do Luiz Oshiro ele era motorista, não sei se voce lembra, mas quem sabe talvez, mas resumindo,  os três são herculandenses, são do nosso torrão. Cara saudades e por favor um gde abço no Felix ok. 
Gde abços a tds.
 t+

Olá Edmir, obrigado pelo e-mail. 
Claro que me lembro do João preto, o Joãozinho. Chegava por lá sempre sorridente, distribuindo alegria e às vezes ia lá na cozinha da minha casa tomar um cafezinho que minha saudosa Mãe coava com coador de pano e café que ela própria torrava e moia. Muitas vezes o café era o colhido e plantado pelo meu Avô. 
Um abração a todos vocês, um especial ao João Preto e outro ao bom Luiz Oshiro.
t+

HERCULÂNDIA levando o verde Brasil afora


 Estava há pouco aqui no tugúrio quando recebi telefonema do Dr. Fagundo:
-Serjão, passei agora pela Av. N. Sra. do Bom Sucesso e vi dois caminhões de Herculândia repletos de mudas.
-Valeu Dr. Fagundo, chegarei até lá para saudar meus conterrâneos.


 Aí está o Eder, do F 4000 vermelho, que se lembrou de mim, que certa feita o abordei em Taubaté de fronte ao Shopping Center, o fotografei e coloquei aqui no ecoeantigos. Quem lhe mostrou a matéria quando chegou a Herculândia foi o amigo Edmir Emed, a quem envio um grande abraço.


Juntamente com o Eder estavam o Luciano, que é a carinha do bom de bola na minha época, o Petronílio, e o Paulinho, do F 4000 prata, os quais enquanto aguardavam os nossos amigos pindenses para aquisição de  mudas, jogavam uma "trancazinha" da hora.


 Confiantes no "Senhor", como demonstra a inscrição no para-brisa, rodam o Brasil afora levando o verde produzido em Herculândia, para os mais variados e longínquos locais.


 Apaixonado pela jovem e felizarda Fernanda, o Paulinho faz questão de estampar no vidro do seu caminhão seu nome, para que todos saibam da dedicação que tem à amada.


Aproveito o ensejo para enviar um abraço a todos os meus conterrâneos e não nominarei ninguém para não cometer injustiças, pois não caberia no pequeno espaço.


Desejo aos companheiros que realizem bons negócios aqui na terra boa de Pindamonhangaba.